O exame é útil no diagnóstico da tuberculose, sobretudo nas formas pulmonares, caso em que a pesquisa pode ser feita em escarro lavado brônquio ou lavado gástrico. No caso da pesquisa em urina, especial cuidado deve ser tomado ri;, intc;r pretac:ão dois resultado, pois há micobactérias não patogênicas que com alguma freqüência podem ser encontrada, não podendo ser diferenciadas das micobactérias patogênicas a não ser através de cultura e testes bioquímicos. Exame útil! também no diagnóstico de infecções por micobactérias ern outras localizações afetando serosas (peritonial, pleisraì).

Instrução de coleta do Escarro:
Retirar frasco estéril no laboratório;
Colher a amostra em casa, antes do café da manhã;
Quando for o caso, retirar próteses dentárias;
Realizar a higiene oral (escovação com creme dental e enxágue rigoroso com água);
Abrir o frasco estéril;
Inspirar profundamente algumas vezes e tossir profundamente (tosse tipo diafragmática) procurando expectorar a quantidade máxima de secreção das vias aéreas baixas (pulmão);
Evite coletar a saliva, pois a saliva não é um material adequado para diagnóstico;
Recolher o escarro diretamente no frasco estéril;
Tampar o frasco imediatamente;
É importante que seu escarro seja coletado corretamente para que possamos oferecer um diagnóstico preciso.